Vanise Rezende - clique para ver seu perfil

DALLA WESENDOCK

28 de agosto de 2014


De tanto amar o poema, decidi fazer tímida versão de um soneto que escrevera em italiano, há anos atrás. Encontrei-o perdido numa folha datilografada, já encardida, com uma nota, escrita a mão, lembrando que Mathilde Wesendock foi uma poetisa do século XIX, para quem o compositor alemão Richard Wagner dedicou um de seus densos momentos musicais.


Inicio, assim, a postagem de textos escritos em italiano, incluindo a versão de artigos postados em português. É um gesto de carinho aos leitores de um país que amo muito e para onde retorno – sempre que me é possível – a me banhar de sua beleza e do afeto dos amigos que lá deixei.




DALLA WESENDOCK
  


E` da così lontano che ti penso
E  da così lontano ti contemplo


Il mare che fra noi si pone, denso
Nel canto suo è gravido d´amore.



In cuor ti vedo e qui ti voglio, invano!
Ricordi mi risvegliano il desio...
Ma si arde qui il sole a tutto spiano
Da te in cielo ormai fa presto buio.

Che fai, che pensi, che ricordi avrai?
E`così lungo il tuo silenzio e pregno
Di un dolce affetto come sol tu sai...

Tu che del pianto mio sai il dolor
Fammi arrivar da te un gesto, un segno
D´altra volta un´incontro, un sogno, amor!






                                                      


DALLA  WESENDOCK                                                

                                                                 
                                                                                                                                                       
De tão distante eu te penso amor
De tão distante aqui eu te contemplo
O mar que nos separa em seu tremor
No canto seu é grávido de dor.

Te trago dentro e em vão eu busco a ti
Recordações me acendem o desejo
E se arde quente o sol que brilha aqui
O céu que vês não é esse que vejo.

Que fazes, pensas, que lembranças hás?
O teu silêncio é tão grande e prenhe
De um doce afeto que só em ti jaz.

Tu que do pranto meu sabes a dor
Faz-me saber que um dia haverá
Outra vez um encontro, um sonho, amor!



-------------------------------------------------------


Crédito imagens:

Foto de Richard Wagner - compositor - Munique, 1871 - Wikipedia.org

Retrato de Mathilde Wesendock, por Karl Ferdinand Sohn (1850) - Wikipedia.org
Foto do mar - assinada por Maja M. 


Nota: As imagens publicadas neste blog pertencem aos seus autores. Se alguém possui os direitos de uma delas e deseja que seja removida deste espaço, por favor entre  em contato com vrblog@hotmail.com 

Posts + Lidos

Desenho de AlternativoBrasil e-studio