Vanise Rezende - clique para ver seu perfil

O MOMENTO DO TEMPO PRESENTE

21 de fevereiro de 2014


Viver o momento presente é um aprendizado que há muitos anos retorna ao meu interesse, no dia a dia. A ideia aparentemente tão simples, que muitas pessoas inspiradas nos transmitiram e ainda nos transmitem como sabedoria de todos os tempos, é que o momento presente da vida concentra toda a vida e a simplifica, tornando o seu fardo leve e suave.




“A cada dia o seu cuidado”, disse Jesus de Nazaré.

“Não há melhor momento para seres feliz do que agora",  escreveu Tereza de Calcutá. 



 ..."Não arranjes desculpas para o amor", escreveu Chiara Lubich: "Procura amar a quem te passa ao lado no momento presente da vida, e descobrirás em teu espírito novos germens de forças antes não conhecidas: elas darão sabor à tua vida e respostas aos teus mil porquês".  (1)




Esta é uma atitude que exige um precioso exercício de vida, a cada novo anúncio do tempo que se esvai, como uma joia a ser polida e utilizada pela vida afora. Toda a atenção no que se está vivendo agora: uma consciente atitude do cuidado, do gesto amoroso no momento atual, que logo se torna um novo momento e requer um novo cuidado. 

Por vezes a vida é exigente e nos pede atitudes que anunciam a compreensão dos nossos limites e, ao mesmo tempo, daquilo que somos capazes na conquista de nós mesmos. O que significa  nos educar, continuamente, a acolher com simplicidade o que a vida requer de nós. 


Há um trecho de Guimarães Rosa, em Grandes Sertões Veredas, que explica, com imensa beleza, o que não sei explicar:

O correr da vida embrulha tudo, a vida
é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem.
O que Deus quer é ver a gente aprendendo 
a ser capaz de ficar alegre a mais,
no meio da alegria, e inda mais alegre ainda
no meio da tristeza! Só assim de repente,
na horinha em que se quer, de propósito
- por coragem. Será? Era o que eu às vezes
achava. Ao clarear do dia.” (2)




1.Chiara Lubich, "Ideal e Luz", Michel Vanderleene (org.) Ed. Brasiliense e            Cidade Nova. São Paulo, 2003. p.122
2.João Guimarães Rosa, Grandes Sertões, Veredas - Biblioteca do Estudante.        Ed. Nova Fronteira, RJ. 2006. p.118


Crédito Imagens:


Teresa de Calcutà - www.jesuitasbrasil.blogspot.com

Chiara Lubich - www. diocesedeosasco.com.br



Nota:  As  imagens  publicadas  neste  blog  pertencem aos seus autores. Se alguém possui os direitos de uma delas, e deseja que  seja removida deste espaço,  por favor entre em contato com: vrblog@hotmail.com

Posts + Lidos

Desenho de AlternativoBrasil e-studio