Vanise Rezende - clique para ver seu perfil

DIÁLOGO COM OS LEITORES

1 de fevereiro de 2014

  ABRINDO ESTE ESPAÇO



Os que me conhecem sabem quanto em mim há de uma garota que não se aquieta. Foi a sensibilidade dessa garota que carrego comigo quem me fez iniciar este espaço de conversas de uma mão só, mas sempre aberta ao diálogo, às críticas, às novas ideias e à colaboração.
Começo ajuntando papeis e rabiscos pequenos, talvez poéticos e sabe-se lá quê das minhas intuições e  dos meus aprendizados, ao longo da vida.

Aqui serão registradas memórias, inspirações e impressões de ontem, de agora, e por algum tempo mais. Lembranças e imagens de momentos vivenciados ou invenções da memória costuradas em paisagens de vários caminhos percorridos, compondo retalhos de uma vida de quase 76 evoluções da terra em torno do sol.

São momentos da vida da caminhada já feita e desejo de partilhar o que ainda poderá surgir... Registros nascidos da memória do afeto em diálogo com o que já não é meu, pois me portam àqueles que são lembrados e me fazem reencontrar alguém que terá sido, talvez, eu mesma.

Este espaço quer expressar o que o seu nome quer dizer: POESE – feitura, gestação, fabricação do pensamento na tentativa de revelar nuanças de pensares semeados na intensa vida de raras horas. São relíquias de convivências e bem-quereres que são parte profunda da construção do meu caminho. E, ainda, memória de pessoas que de algum modo se foram, deixando suas marcas. E muita, muita saudade.

O Espaço Poese também será um espaço de reprodução de artigos, entrevistas e análises de autores reconhecidos, de modo a oferecer informações para ampliar o nosso pensar e o nosso agir na sociedade, com seus altos e baixos, suas feridas e seus achados para nos ajudar a conviver no intento de construir a fraternização entre nós. 

Será sempre muito bem-vinda a contribuição dos caros leitores. Para isto existe a possibilidade de fazer tantos comentários quanto desejar, no final de cada postagem, ou nos enviar um e-mail para: rezende.vanise@gmail.com. Não fosse assim, para que me serviria escrever?

Nenhum comentário :

Deixe seu comentário:

Posts + Lidos

Desenho de AlternativoBrasil e-studio