Vanise Rezende - clique para ver seu perfil

MEMÓRIAS DO PÔR DO SOL

9 de março de 2014

  

Conservo, em meus arquivos, raras imagens de pôr do sol, dos já contemplados e de outros que ainda gostaria de ver um dia, como o pôr do sol africano, aqui registrado em um momento de suave beleza. Ainda sonho em um dia poder acompanhar, aqui no Nordeste, o pôr do sol de Timbau do Sul, no Rio Grande do Norte, e contemplar a sua luz cadente, intensa e cálida.  




Da varanda do apartamento onde vivo, ainda é possível acompanhar o nascer do sol, vislumbrado entre os muitos edifícios que hoje me cercam por todo lado. Ao amanhecer, a claridade se expõe devagar e se esparrama em fendas de luz, para vestir a noite em madrugada. Ao  entardecer, do janelão oposto à varanda ocidental, vejo o matiz vibrante de um pôr do sol tropical, em suas irrepetíveis aparições. Assim, dia após dia... 






Tenho o velho hábito de registrar, momentos de contemplação do entardecer, nas andanças que faço para conhecer outros lugares. Recordo a paisagem comovente da minha chegada, à tardinha, ao Mont San Michel, na França, por uma longa e retilínea estrada que nos entrega a estupenda beleza da sua estrutura de pedra, encimada por um castelo que se ergue à beira mar. 







Inesquecível o cair da tarde à margem do Bósforo, em Istambul, ladeado de um casario histórico único, com o revorar de asas brancas sobre suas mansas águas. 










Essas lembranças me ocorreram quando fui conhecer, no litoral paraibano, o pôr do sol da Praia do Jacaré.  Alí é possível contemplar a exuberante  apresentação de um pôr do sol escarlate e radioso, extremamente belo, que exibe bem de perto, por alguns minutos, a passagem da terra à outra margem do universo, quando o sol parece despedir-se do lado em que o observamos. Um momento único em que se contempla entardecer, dia após dia, ao som do baile de Ravel, que ressoa de um barco à margem da praia, no silêncio reverente de turistas emocionados, que batem palmas à despedida da grande estrela. Um grandioso fenômeno da Mãe Terra e do Universo que a acolhe, a nos falar de uma presença maior de energia e vida, que nos assiste desde o amanhecer de cada um de nós, até o momento último do nosso entardecer. 


A natureza ainda  nos oferece  a contemplação  das noites enluaradas. O luar produz emoções motivadas por sua efusiva presença ou pelo encantamento que envolve os enamorados. 

Para mim, o luar - como o pôr do sol -  é um  suave chamado à reflexão sobre o grande mistério do universo, no qual nos  perdemos... Feito uma partícula viva,  a se  mover no  aprendizado permanente da  relação humana,  e dos  seres vivos com a natureza. 

Há dias, porém, que o luar ou o pôr do sol me falam apenas de uma saudade sem nome, de algum momento guardado na memória do afeto, que não se vai.  




--------------------------

Crédito das imagens :       

Pôr do sol na África - Jonathan Rosemberg -2009.

Pôr do sol - Praia do Jacaré - Aninha de Freitas.  www.feriasbrasil.com.br          
Pôr do sol - Mont San Michel - Wikipedia      
Pôr do sol - Bósforo, Istambul - Wikipedia
Luar sobre o mar - www.canstockphoto.com.br


Nota:  As  imagens  publicadas  neste  blog  pertencem aos seus autores. Se alguém possui os direitos de uma delas, e deseja que  seja removida deste espaço,  por favor entre em contato com: vrblog@hotmail.com

Posts + Lidos

Desenho de AlternativoBrasil e-studio